20 de Janeiro de 2009

 

Hoje iniciámos uma das nossas actividades práticas: a dissecação do encéfalo de um mamífero (neste caso de carneiro).
A primeira parte desta experiência consistiu em mergulhar o cérebro numa solução de formol, onde ficará até à próxima sexta-feira.
Utilizámos um encéfalo fresco de carneiro, formol a 37% e um frasco de vidro devidamente identificado. A utilização do formol é essencial para fixar os tecidos e evitar a sua degradação durante a realização da dissecação.
Aqui está “o nosso encéfalo”:
 
 
Muito brevemente, teremos notícias fresquinhas sobre esta actividade. Não percas!
publicado por umaquestaodecerebro às 19:17

mais sobre nós
pesquisar
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Janeiro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
17

18
19
21
22
23
24

25
27
29
30
31


arquivo
2009:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


subscrever feeds